O artigo aborda a utilização de um sistema operacional livre e de softwares livres em um curso de formação inicial de docentes. Problematiza-se a necessidade do desenvolvimento de fluência tecnológica digital (habilidades contemporâneas, conceitos fundamentais e capacidades intelectuais) dos futuros professores para aplicação pedagógica dos principais aplicativos educacionais. Parte-se de revisão teórica conceitual, seguida de análise da proposta da disciplina “Software Livre na Educação”, ofertada nos cursos de licenciatura da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. O resultado evidencia a disciplina como formação diferenciada que oportuniza o desenvolvimento de fluência tecnológica digital em tecnologias livres, potencializando a utilização de diferentes softwares para o desenvolvimento de práticas pedagógicas inovadoras.

ARTIGO SOFTWARES LIVRES

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *